Antibiótico contra pneumonias e infecções de pele

Evento da AHEG aborda antibiótico que combate pneumonias comunitárias graves e infecções de pele e partes moles, como músculos, gordura e tecido conjuntivo

A Associação dos Hospitais do Estado de Goiás (AHEG) promoveu, na noite da última quinta-feira (29), um evento sobre novas terapias no tratamento de Infecções de Pele e Partes Moles Complicadas (IPPMc). O conteúdo foi abordado pelo médico infectologista Dr. Luiz Henrique Melo, de Joinville (SC), que é presidente da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e coordenador do programa Antibiotic Stewardship do Hospital e Maternidade Dona Helena.

Ele também é médico responsável do programa DST/AIDS de São Francisco do Sul e médico responsável do Ambulatório de Infectologia do Hospital Municipal São José, de Joinville, ambos em Santa Catarina. O evento, que teve entrada gratuita, reuniu dezenas de médicos, enfermeiros e farmacêuticos.

O infectologista falou sobre um antibiótico relativamente novo no mercado, que foi lançado no exterior em 2010, mas teve a bula aprovada no Brasil em dezembro de 2015. Esse antibiótico é indicado para adultos com pneumonias comunitárias graves e infecções de pele e partes moles, como músculos, gordura e tecido conjuntivo.

A pneumonia comunitária é uma infecção do pulmão grave, contraída fora do hospital ou nas primeiras 48 horas de internação hospitalar, que tem como sintomas febre alta e dor no peito. O medicamento é injetável e deve ser aplicado nos pacientes internados, por se tratarem de casos mais graves, segundo a médica infectologista Dra. Bethânia de Oliveira Ferreira, que é coordenadora do grupo de estudos da CCIH da Associação dos Hospitais do Estado de Goiás.

A médica ressaltou a importância do antibiótico para o tratamento desses pacientes. “Isso representa uma opção a mais num universo de tratamentos restrito e onde a resistência bacteriana é cada vez mais preocupante. No mundo dos antibióticos, ter uma droga nova é sempre uma grande conquista”, comemorou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *