Obesidade e dores nas costas

Nutricionista alerta sobre a relação entre obesidade e dores nas costas e dá dicas de alimentos que podem ajudar na prevenção deste quadro

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), até 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos apresentarão sobrepeso e 700 milhões serão obesos. Hoje, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 50,1% dos homens e 48% das mulheres estão acima do peso. De acordo com a nutricionista Kathy Ortiz Brianesi, estes altos índices estão diretamente relacionados ao crescimento das queixas de dores nas costas.

“O sobrepeso é fator de risco para a hérnia de disco, uma vez que o aumento do peso corporal gera uma sobrecarga na coluna vertebral, resultando no pressionamento dos discos intravertebrais. Estudos realizados nos Estados Unidos afirmam que pacientes com sobrepeso são mais propensos à realização de cirurgias para tratamento de hérnia de disco, além disso, estes pacientes apresentam maior tempo em processo cirúrgico e maior tempo de internação”, revela a nutricionista Kathy Ortiz Brianesi. Ela ressalta ainda que, na maioria das vezes, a obesidade se dá devido a doenças cardiovasculares e metabólicas, pode ocasionar alterações na coluna vertebral e, consequentemente, dores nas costas.

Para reverter este panorama e prevenir as dores na coluna, a nutricionista recomenda a manutenção de bons hábitos alimentares e a busca de uma vida mais saudável. “Alguns alimentos apresentam forte relação com a diminuição das dores nas costas por possuírem benefícios anti-inflamatórios. Alguns exemplos são a sardinha, o salmão e as nozes por serem ricos em Omega-3, potente anti-inflamatório”, ensina Brianesi.

Outros alimentos que podem ser usados na prevenção das dores nas costas são:

– Proteínas como peixes, aves e soja, pois possuem aminoácidos essenciais, que servem como matéria-prima para enzimas com ação anti-inflamatória;

– Curcumina: tempero para aves e peixes;

– Gengibre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *