Rotina ajuda a manter saúde mental no isolamento social

Em pouco mais de cinco meses, desde que a pandemia pelo novo Coronavirus surgiu em Wuhan, na China, epicentro do vírus, todo o planeta ficou tomado por notícias de aumento de pessoas infectadas e mortes pela Covid-19. Imagens de caminhões frigoríficos levando os corpos na Itália e nos Estados Unidos impactaram toda humanidade. Com isso, medo do desconhecido e a exigência de ficar em casa, podem ser gatilhos para transtornos psicológicos como depressão, transtorno obsessivo compulsivo ou síndrome do pânico. Para avaliar o impacto psicológico da quarentena, a editora especializada em medicina Brooks e cols (2020) revisou 24 artigos relacionados a surtos ou epidemias entre 2004 e 2019. A maioria dos estudos indica efeitos psicológicos negativos como sintomas de estresse pós-traumático, sintomas depressivos, tristeza, abuso de substância, estado confusional e irritabilidade.

Ler mais