CrossFit é nova aposta da Bodytech em Goiânia

Rede de Academias inaugura modalidade que, a partir do peso do próprio corpo, trabalha movimentos funcionais, constantemente variados e de alta intensidade 

A partir do dia 13 de novembro a Bodytech Company lança a modalidade CrossFit na unidade Marista, em Goiânia. A atividade, que proporciona equilíbrio, agilidade, velocidade, potência, força, resistência muscular e cardiorrespiratória e é a aposta da academia para o verão.

Independente da idade ou nível físico, a teoria do CrossFit vem revolucionando o mercado fitness. “É uma atividade desenvolvida por meio de movimentos funcionais constantemente variados e executados em relativa alta intensidade”, explica Eduardo Netto, diretor técnico da empresa.

Apesar de ser possível utilizar equipamentos específicos como barras e anilhas olímpicas, kettlebells, pesos livres, cordas, caixas, bolas, argolas, remos e bikes, entre outros, o principal “equipamento” para a prática da atividade é o peso do próprio corpo. Sua metodologia implica na utilização de quadros como placares, onde são registrados realizações e pontuações dos exercícios. “Esses registros não só servem como meios de motivação, mas também como indicadores das performances. E mais do que isso, como se trata de uma plataforma de performance on line, permite comparações entre os participantes”, afirma Netto.

O primeiro passo para ingressar nos treinos de alta intensidade é conhecer os movimentos e técnicas. O aluno realiza aulas em pequenos grupos, de conhecimento, para então dar continuidade ao programa. “Dessa forma viabilizamos a segurança da aula e a certeza de que o aluno irá executar os movimentos básicos com eficácia, uma vez que já foram ensinados e corrigidos. Uma das nossas maiores preocupações, e que temos vivenciado com bastante frequência, é a utilização de cargas de forma prematura. É muito importante executar os movimentos tecnicamente corretos e que somente após esse período com bastante repetições, utilizar carga, de acordo com a instrução do profissional”, explica o preparador físico.

Após aprimorar as técnicas, as aulas vão acontecer em grupo com no máximo 15 participantes e duração total de 60 minutos. A sequencia consiste num aquecimento, seguido de um treinamento de força ou a realização de algum movimento funcional e depois o WOD (workout of the day), ou treino do dia. “A montagem do WOD muda de dia para dia, mas tipicamente inclui uma mistura de exercícios funcionais feitos em alta intensidade por um período que geralmente varia entre 5 a 20 minutos”, acrescenta.

Inserida no conceito de wellness, que busca promover a saúde física e mental dos clientes, a Bodytech é referência no mercado fitness brasileiro pelo padrão de qualidade em infraestrutura e serviços. Em Goiânia, a empresa tem 9 anos de atuação – foi inaugurada em 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *