Pular para a barra de ferramentas

curso de intercorrências em procedimentos estéticos

curso de intercorrências em procedimentos estéticos

Capacitação vai até o dia 1° de outubro e participantes receberão assessoria ao final das aulas

A intercorrência médica estética é um evento inesperado durante um procedimento. Como proceder nessa situação? Pensando nisso, as farmacêuticas Acacia Alves, Pollyanna Rebouças, Wanessa Polak, e a biomédica Antoniella Mendanha se reúnem em uma capacitação para que profissionais que trabalham com procedimentos estéticos estejam aptos a agir de forma coerente em uma intercorrência e consigam minimizar possíveis erros e complicações. No Instituto Sculpt Master, as especialistas recebem os alunos até o dia 1º de outubro para um curso de capacitação no tema.

Depois de se especializarem em diversos cursos, tanto no Brasil quanto em outros países, as quatro profissionais notaram uma grande deficiência em um processo importante da formação: o suporte e assessoria no pós-curso. Embora preparados, é na prática que se encontra reações orgânicas inesperadas nos pacientes, mesmo com o profissional seguindo as normas e os padrões de segurança. “Além de dominar bem as técnicas executadas no consultório, o profissional precisa, primordialmente, saber e ter segurança para resolver uma possível intercorrência”, explica a farmacêutica especialista em Saúde Estética Interdisciplinar Acacia Alves.

Uma vez presente em cursos de técnicas invasivas, elas notaram que o grande número de participantes atrapalha alguns alunos, que terminam as aulas com inseguranças. Como forma de manter o apoio aos profissionais e informá-los das novidades de congressos, cursos e workshops, as doutoras planejaram um curso com um número menor de alunos e uma assessoria exclusiva ao final através do WhatsApp. Para facilitar o entendimento e a fixação do conteúdo, a Dra. Acacia frisa que, embora rico em embasamento científico, as aulas tem uma linguagem totalmente simplificada.

Tendo como público-alvo biomédicos, odontólogos, farmacêuticos, enfermeiros, médicos, esteticistas graduados e estudantes de pós-graduação em Estética, as profissionais ensinam novas técnicas tanto para o diagnóstico e tratamento quanto para o manuseio de substâncias durante as complicações. Segundo Acacia, “intercorrências com todos os tipos de procedimentos na estética podem trazer graves consequências, por isso é extremamente importante que os profissionais da Saúde Estética estejam capacitados a resolvê-las caso aconteçam”.

O curso não aborda apenas procedimentos de harmonização facial, mas também procedimentos na parte corporal, desde a aplicação em microvasos, microvarizes e microagulhamento até peelings, bioestimuladores e intradermoterapia. Além disso, os participantes podem refazer as aulas sempre que acharem necessárias, desembolsando apenas uma taxa simbólica ao invés do valor integral. O curso contará também com um momento destinado à prática demonstrativa.

Mais informações: (64) 9658.7315, (62) 98238.2983 ou (62) 98315-2131.

Na foto, da esquerda para a direita: Acacia Alves, Antoniella Mendanha, Wanessa Polak e Pollyanna Rebouças (crédito: Fábio Lima).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + catorze =