Dores lombares em crianças podem ser prevenidas

Estudo no Reino Unido aponta que as dores lombares em crianças atingem aproximadamente 75% dos alunos da escola primária

Por Denise Santiago e Alice Galvão, de Goiânia

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a lombalgia, popularmente conhecida como dor nas costas ou na coluna, atinge 80% da população. O estudo revela ainda que quatro em cada cinco pessoas têm ou terão a doença em algum momento da vida. E o espantoso é que essa dor pode começar na infância.

Um estudo no Reino Unido aponta que, aproximadamente, 75% das crianças da escola primária e 66% da secundária já relataram dor lombar ou no pescoço. O que os pequenos não sabem é que ficar muito tempo na mesma posição, jogando no vídeo game, em smartphones e tablets pode causar danos ao corpo. As crianças estão em plena fase de crescimento e, por isso, o uso exagerado da tecnologia afeta, principalmente, o sistema musculoesquelético, com sobrecarga muscular e óssea, afetando o desenvolvimento.

Problemas da coluna vertebral, como a escoliose, podem ser tratados antes de começarem a causar dor ou deformidade. É muito importante que os pais estejam atentos à postura dos filhos, sobretudo nos momentos de lazer. 80% das crianças terão os sinais iniciais de escoliose enquanto elas crescem, por isso, o acompanhamento profissional é fundamental para que tenham qualidade de vida e não sofram com imperfeições na coluna, decorrente da má posição em que passam a maior parte do tempo.

Diagnóstico, tratamento e prevenção

Em entrevista ao NS, o quiropraxista Wolney Hass Junior explica que a palpação, inspeção estática e dinâmica da coluna pode ser usada para detectar subluxação vertebral. A inspeção estática é aquela feita com o paciente em repouso e a dinâmica, em movimento. Além disso, podem ser realizados exames radiológicos.

“A indicação da quiropraxia é feita para prevenção e tratamento de problemas da coluna vertebral e também para melhorar o funcionamento do sistema nervoso”, detalha o profissional. Mesmo que não ofereça cura, os resultados da técnica oferecem mais qualidade de vida ao paciente que sente dores nas costas, por tratar das causas da dor e não da dor em si. Além disso, pode ser indicada para todas as idades, do recém-nascido ao idoso.

Nas crianças, Wolney diz que podem ser feitos ajustes periódicos para manter o alinhamento da coluna vertebral, e que os pais devem ser orientados a observar e cuidar da postura dos filhos.

dores lombares em crianças
Quiropraxista Dionatan dos Santos aplica técnicas em crianças (Foto: Clínica Coluna em Movimento)

Mas atenção! Antes de procurar o tratamento, certifique-se de que o profissional possui graduação em Universidade e título de Bacharel em Quiropraxia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + dois =