Pular para a barra de ferramentas

Você sabe o que é blefaroplastia?

Você sabe o que é blefaroplastia?

Procedimento com recuperação rápida retira as bolsas de gordura e o excesso de pele que recai sobre os cílios causando incômodo estético ou até mesmo dificuldade para enxergar

Texto: Bárbara Lauria

A região dos olhos é uma área marcante no rosto de homens e mulheres e por isso a procura pela blefaroplastia, cirurgia plástica nas pálpebras, tem sido cada vez maior. O procedimento que elimina as rugas e flacidez nos olhos pode ser feito a laser ou com cirurgia convencional.

Mas, segundo o cirurgião plástico e membro internacional da Sociedade Americana de Cirurgiões Plásticos e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Fernando de Nápole, o método a laser não é tão utilizado porque com o clima e as altas temperaturas de Goiânia, pode provocar manchas permanentes. Sendo assim, o mais recomendado é a cirurgia convencional. “A cirurgia convencional é simples e feita com um corte pouco perceptível, rente aos cílios. E na pálpebra superior é feito na dobrinha dos olhos. Com esse pequeno corte é possível retirar o excesso de pele e as bolsas de gordura, deixando o olhar muito mais jovial”, explica Fernando.

Juntamente com esse procedimento também pode ser feito a suspensão das sobrancelhas com o uso de fios de nylon trançados que deixam o olhar mais aberto.

A blefaroplastia é indicada para quem está se sentindo com os olhos pesados por causa do excesso de pele. O que pode ser só um pequeno problema estético também pode se tornar um incômodo constante e causar até mesmo dificuldade na hora de enxergar, já que, se em excesso, essa pele recai sobre os cílios, ficando quase em frente à pupila.

Das cirurgias plásticas na face, em geral, o procedimento costuma ser um dos preferidos dos brasileiros. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a faixa etária que mais recorre à blefaroplastia é acima dos 40 anos, mas pessoas de todas as idades podem realizar o método.
Apesar de simples, o procedimento deve ser realizado apenas por cirurgiões plásticos ou oftalmologistas habilitados para isso.

Mesmo sendo em uma zona sensível do corpo, o procedimento é pouco invasivo e tem uma recuperação tranquila. O pós-operatório da blefaroplastia pode incluir dores e inchaços na região, mas são administráveis e, tanto as dores como as regiões arroxeadas desaparecerem em 15 dias.

Alguns cuidados devem ser tomados durante esse período para uma melhor recuperação:
• Uso de compressas frias na região para diminuir o inchaço;
• Repouso durante pelo menos uma semana;
• Uso de óculos escuros diariamente por pelo menos 30 dias;
• Evitar atividades físicas durante por pelo menos um mês;
• Evitar o uso de lentes de contato nas duas primeiras semanas;
• Higienizar o local com água e sabonete neutro;
• Evitar a exposição direta ao sol por pelo menos dois meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =